Melhorias na iluminação atendem moradores do Jardim Paulista 1

 

Prefeitura está duplicando a iluminação do canteiro central da Avenida Ápia no Jardim Paulista 1. Serviço também inclui poda de árvores e construção de canaletas. Medidas visam melhorar a visibilidade e aumentar a sensação de segurança.

O bairro Jardim Paulista 1 em Rio Claro está recebendo melhorias. A prefeitura iniciou nesta sexta-feira (28) uma força-tarefa com a realização de vários serviços que incluem poda de árvores e intervenções na iluminação pública e no trânsito que vão proporcionar maior segurança para a população. “Estamos resolvendo problemas pontuais e fazendo algumas intervenções que vão beneficiar os moradores da região e quem circula pelo local”, explica o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que acompanhou a execução dos trabalhos.

As equipes trabalharam na Avenida Ápia, continuação da Avenida 11 após o trevo Victor Lopes Junior, localizado na altura do quilômetro 174 da rodovia Washington Luiz, mais conhecido como rotatória da Viviani Veículos. Foi feita poda de árvores para melhorar a visibilidade entre os lados da via dupla. A iluminação do canteiro central está sendo duplicada. “Melhorar a iluminação pública é promover tranquilidade e sensação de segurança aos moradores”, destaca Juninho.

Outro serviço em execução é a construção de canaletas para escoamento de águas pluviais. “As canaletas vão facilitar o escoamento das águas até as galerias”, explica o secretário de Obras, Paulo Roberto de Lima. As melhorias vão beneficiar moradores do Jardim Paulista 1 e também de outros bairros da região que utilizam a avenida, como Maria Cristina, Benjamin de Castro e Sebastião dos Santos Lima.

Os serviços fazem parte das mudanças que vêm sendo implementadas pela prefeitura para melhorar o trânsito e a sensação de segurança no município. Várias intervenções foram feitas no sistema viário do município e ações implantadas no setor de segurança, como instalação de semáforos, mudança de mão de direção e o estreitamento do relacionamento entre as forças de segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *