Rio Claro terá Centro de Inovação Tecnológica

 

O prefeito João Teixeira Júnior, o Juninho da Padaria, e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação, Márcio França, assinarão no próximo dia 3 de agosto protocolo de intenções para inclusão de Rio Claro na Rede Paulista de Centros de Inovação Tecnológica (RPCITec) em Rio Claro. A informação foi divulgada nesta terça-feira (26) pelo deputado estadual Aldo Demarchi, um dos apoiadores da iniciativa. “Isso reforça o prestígio político do município perante o governo do Estado, que recuperamos a partir da sintonia entre prefeito, vereadores erepresentação na Assembleia Legislativa”, afirma Aldo Demarchi.

A inclusão de Rio Claro na rede de Centros de Inovação Tecnológica foi reivindicada pelo vereador Val Demarchi, no início de maio, durante visita à sede da Secretaria comandada por Márcio Fortes. “Isso possibilitará o aperfeiçoamento e o surgimento de novas empresas de base tecnológica, criando novas vagas de emprego e gerando maior arrecadação fiscal para o município”, disse o líder da bancada do Democratas na ocasião.

Além do vereador, a reunião de maio (fotos) contou com as participações do secretario de Governo da prefeitura de Rio Claro, Gilberto Brina, da diretora de Inovação e Tecnologia, Amanda Silva, do diretor de Projetos, Antonio Pássaro e da gerente de Convênios, Vera do Prado. Pela secretaria de Estado participaram o subsecretario Marcelo Strama da subsecretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, e Maurício Juvenal, chefe de gabinete da secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo.
Criada pelo decreto 60.286/2014, a RPCITec busca apoiar a disseminação da cultura da inovação nos municípios. O centro pode operar laboratórios, fornecer serviços de apoio tecnológico e certificação da qualidade, verificação de produtos e processos, entre outras atividades. Pode ainda atuar na formação de mão de obra especializada com o apoio de outras entidades do Estado e estar associado a incubadoras de empresas de base tecnológica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *