Exposição e música abrem programação do Dia do Ogum em Rio Claro

 

Evento de comemoração ao Dia do Ogum terá extensa programação de 23 a 28 de abril. Atividades incluem palestras, oficina, cinema, música, dança e exposição de artes, com participação gratuita.

Rio Claro inicia no domingo (23) a programação dos eventos culturais em comemoração ao Dia do Ogum, celebrado no dia 23 de abril. As atividades começam às 19 horas com a abertura da exposição “Ogum e suas origens culturais” no Casarão da Cultura que fica na Avenida 3 com a Rua 7, 568, Centro. A exposição irá apresentar ao público roupas, tecidos, artesanato, adornos, utensílios domésticos e ritualísticos da cultura africana. A entrada é franca. Quem for prestigiar a exposição também poderá conferir a apresentação musical da Banda Odoyá que promete fazer um show imperdível com fusão dos ritmos africanos e brasileiros.

Além da exposição de artes, a programação de 2017 inclui palestras, oficina de percussão, dança, cinema, roda de capoeira, entre outras apresentações culturais. A programação do Dia do Ogum conta com apoio da prefeitura de Rio Claro, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Assessoria de Integração Racial. A secretária de Cultura, Daniela Ferraz, convida a população a participar dos eventos que em sua maioria são gratuitos. “As atividades vão promover o resgate da cultura afrodescendente, tão importante para o desenvolvimento do nosso país”, comenta.

Os africanos contribuíram para a formação da cultura brasileira em vários aspectos: dança, música, religião, culinária e idioma. Palavras como bagunça, moleque, curinga, dengo, cachaça e fuxico têm origem africana. Na música, o lundu serviu de base rítmica para a criação do samba, bossa-nova, maxixe e choro. Na culinária, o Brasil ganhou a feijoada, acarajé, vatapá, caruru, mugunzá, angu, pamonha e muito mais. Ainda temos a influência na dança e religião.

As comemorações alusivas ao Dia do Ogum foram incluídas no calendário oficial do município por meio da Lei Municipal nº 4468/2013 de autoria do vereador Geraldo Luís de Moraes, o Geraldo Voluntário. A edição 2017 conta com apoio da prefeitura, Fundo Social, Câmara Municipal, Governo do Estado de São Paulo, Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias (ACGE) da Secretaria de Estado da Cultura e Libertan Projetos Culturais. Os patrocinadores são: Expresso Limeira, Rápido São Paulo, O Imperador – Mármores e Granitos, Sílvia Mega Hair e Nei Salgados.

 

Programação

Domingo, 23 de abril
Abertura: Exposição “Ogum e Suas Origens Culturais”
Apresentação musical: Banda Odoyá
Às 19h00 – Casarão da Cultura (Av. 3 com Rua 7, 568, Centro)
Entrada franca

Segunda-feira, 24 de abril
Samba de Roda – Escola Cantar da Oxum
Palestra: Ogum e suas Origens Culturais – A História e a Cultura Afro-brasileira na Educação
Às 19h30 – Philarmônica (Avenida 5 com Rua 5, 914, Centro)
Entrada franca

Terça-feira, 25 de abril
Oficina de Percussão – Escola Cantar da Oxum
Às 19h – Saguão do Centro Cultural “Roberto Palmari” (Rua 2, 2.880, Vila Operária)
Entrada franca

Apresentação de Dança: Cia Afro Abayomi´n
Às 20h30 – Teatro do Centro Cultural “Roberto Palmari”
Entrada Franca

Quarta-feira, 26 de abril
Cinema “Besouro” – Classificação 14 anos
Às 9h – Teatro do Centro Cultural
Entrada Franca

Apresentações Culturais
Congada: às 19h30
Oro Ari: às 20h
Saguão do Centro Cultural
Entrada franca

Roda de Capoeira: Homenagem ao Mestre Geraldo
Às 21h – Saguão do Centro Cultural
Entrada franca

Quinta-feira, 27 de abril
Palestra: Comunidades Populares de Matriz Africana – Conceitos Políticos, Religiosos e Sociais
Às 20h – Philarmônica
Entrada franca

Sexta-feira, 28 de abril
Cinema: Kiriku e a Feiticeira
Às 9h – Teatro do Centro Cultural
Entrada franca – Classificação livre

Apresentação musical: Simbalança
Às 20h – Teatro do Centro Cultural
Entrada franca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *