Rio Claro ganha em setembro mais um delegado de polícia

 

Cidade deverá ser contemplada com mais um delegado para a Polícia Civil, que em maio recebeu o reforço de três novos investigadores.

O município de Rio Claro deve receber em setembro mais um delegado para a Polícia Civil. O anúncio foi feito pelo delegado Paulo Afonso Bicudo, diretor do Departamento de Polícia Judiciária do Interior (Deinter 9), na cerimônia de inauguração da Central de Segurança Integrada (CSI) na semana passada. A informação foi bem recebida por gestores e agentes do setor de segurança, bem como pelo poder público e comunidade. “É mais uma iniciativa que vem reforçar as ações tomadas pelo município para melhorar a segurança”, comenta o prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, que destaca a atitude do governo estadual ao contemplar a cidade com a designação do novo delegado.

O deputado estadual Aldo Demarchi também ressaltou a iniciativa do governo de São Paulo. “Já faz algum tempo que havia o compromisso do governador Geraldo Alckmin de reforçar a Polícia Civil de Rio Claro, o que foi possível a partir da nomeação de aproximadamente 80 delegados em maio. Esse é mais um exemplo da sintonia entre a administração municipal, o governo do Estado e a nossa representação na Assembleia legislativa”, afirma.

A delegada Seccional de Rio Claro, Adriana Galloni, fala sobre a grande expectativa de receber mais um profissional para suprir a carência de pessoal da corporação devido às aposentadorias. Diante das mudanças propostas pelo governo federal para a Previdência Social, muitos profissionais que atingem idade e tempo de serviço preferem se aposentar para garantir benefícios, caso as alterações sejam aprovadas pelo Congresso Nacional. “A expectativa é grande para receber o delegado que virá compor a nossa equipe. Será um reforço importante para o nosso trabalho”, comenta Adriana.

A delegada seccional lembra que neste ano a Polícia Civil de Rio Claro foi contemplada com três novos investigadores recém-formados pela Academia de Polícia (Acadepol). No início de maio o governo estadual empossou 1.040 agentes da Polícia Civil e da Polícia Técnico-científica. Tomaram posse 922 policiais, 74 delegados, 321 investigadores, 527 escrivães, 75 médicos legistas, 61 peritos, 16 técnicos de laboratório e 61 oficiais administrativos. Desde 2011, o governo do estado nomeou 4.107 policiais civis, além dos que tomaram posse em maio.

LEGENDAS: Delegado Paulo Afonso Bicudo, diretor do Deinter 9, e autoridades na cerimônia de inauguração da Central de Segurança Integrada (CSI) na semana passada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *