PM prende quadrilha acusada de sequestro e cárcere privado em Rio Claro

Policiais da 1ª Cia de Rio Claro patrulhavam pelo bairro Mãe Preta quando suspeitaram de dois veículos. Um rapaz era mantido como refém e supostamente passaria pelo “tribunal do crime”.

 

EXCLUSIVO – Policiais militares da 1ª Cia de Rio Claro prenderam hoje por volta das 11:00, quatro pessoas, entre elas uma mulher, todas acusadas por crimes de sequestro e cárcere privado.

O fato teve início durante patrulhamento pelo bairro Mãe Preta quando os policiais avistaram um veículo Honda Civic, na cor preta, placas de Paulínia e um veículo Tucson, na cor preta, placas de Americana, ambos em atitudes suspeitas.

Durante a abordagem os policiais descobriram que um dos ocupantes do veículo estava sendo sequestrado e mantido como refém desde a noite passada quando foi levado de sua residência na cidade de Americana, para uma chácara na cidade de Santa Barbara, local em que teria sido torturado a noite inteira.

Segundo apurou a polícia, o rapaz que estava sendo mantido como refém é acusado de ter estuprado duas crianças em Americana no dia 1ª de Abril, por isso passaria por um “tribunal” onde seria julgado.

A quadrilha trouxe o sequestrado para Rio Claro, onde outro envolvido participaria no suposto “tribunal” e o acusado de estupro receberia a “sentença”.

Todos foram apresentados na DIG (Delegacia de Investigações Gerais) onde os acusados foram autuados em flagrante por crimes de sequestro e cárcere privado, enquanto que o acusado de estupro foi ouvido, liberado e deverá responder pelos supostos estupros em Americana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *