Juninho recebe proposta para a criação do Conselho Municipal da Juventude

 

Representantes do Parlamento Jovem, da Assessoria da Juventude e da AJA se reuniram com o prefeito Juninho da Padaria para pedir a criação do Conselho Municipal da Juventude. Grupo entregou sugestões para elaboração do projeto de lei.

Rio Claro poderá ter Conselho Municipal da Juventude. O pedido de implantação do órgão foi feito por um grupo de jovens ao prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, em reunião no paço municipal nesta sexta-feira (5). Representantes do Parlamento Jovem, da Associação Juventude Ativa (AJA) e da Assessoria de Políticas Públicas Especiais para Juventude de Rio Claro, acompanhados da vereadora Carol Gomes, entregaram ao prefeito uma minuta de projeto de lei com sugestões para criação do conselho. O procurador geral do município, Rodrigo Ragghiante, também participou do encontro.

Juninho informou que as sugestões serão analisadas pelo jurídico da prefeitura para elaboração de projeto de lei que será enviado posteriormente para análise e votação na Câmara Municipal. O prefeito ressalta que a criação do órgão não terá custo para os cofres públicos, pelo contrário irá contribuir com a cidade como outros conselhos contribuem, além de envolver os jovens na promoção e desenvolvimento de políticas públicas. “Existem vários conselhos e a juventude sempre foi excluída. Vamos dar vez e voz aos jovens”, disse. “Essa juventude atuante e participativa que Rio Claro deve conhecer e ajudar”, completou.

A minuta foi escrita pela vereadora do Parlamento Jovem, Sabryna de Sá Moura Araújo. “Coloquei no papel as idéias e propostas selecionadas por jovens. Apresentei as sugestões para a administração municipal anterior que não deu encaminhamento”, diz Sabryna. “O governo anterior, mesmo se intitulando progressista, não deu nenhuma assistência para a juventude”, acrescentou a vereadora Carol Gomes. A parlamentar enalteceu a iniciativa de Juninho de abrir diálogo com a juventude.

Os jovens destacaram que a maioria dos municípios paulistas já tem o Conselho Municipal de Juventude implantado e Rio Claro está atrasada nesse processo. A expectativa é que agora o processo tramite rapidamente e conte com o apoio dos vereadores para viabilizar a criação do órgão. “A gente fica muito feliz pelo prefeito ter nos recebido de braços abertos e apoiado o nosso pleito. Tenho certeza que o conselho fará bons projetos para Rio Claro, principalmente para a juventude”, declarou Amanda Albarral, assessora municipal da Juventude.

Amanda explica que a implantação do Conselho Municipal da Juventude é um pleito antigo dos jovens rio-clarenses que sempre foi ignorado. A minuta entregue a Juninho foi elaborada em 2015 e desde então o grupo busca apoio para viabilizar a proposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *